Cartões virtuais

Cartões virtuais

Segurança e monitoria

No mundo do bancos digitais tudo acontece muito rápido, antes para que o cliente tomasse consciência de que tinha sido vítima de fraude no cartão de crédito, precisava esperar a fatura do cartão chegar. Hoje, os gastos são computados em tempo real, dando mais autonomia para se defender em tempo recorde. Para isso foi criado o cartão virtual, tendo em vista que grande parte dos crimes de fraudes são feitos virtualmente. Com este lançamento, os bancos deram mais autonomia ao cliente. As compras feitas neles, são creditadas junto a fatura do cartão físico, porém, pode ser trocado em segundos no próprio aplicativo ou pela central de atendimento, em caso de suspeita de fraude.
Lembrando que as contas digitais contam com monitoria o tempo todo pela lei geral de proteção de dados (LGPD).

Segurança contra golpes

O cartão virtual tem como diferencial a numeração temporária e também o código de segurança, que são gerados automaticamente quando solicitado. Alguns clientes optam por fazer a troca a cada compra virtual para se prevenirem. Os benefícios do cartão virtual são:

  • Aceito em milhões de estabelecimentos comerciais nacional e internacional;
  • Facilidade na compra via internet e telefone;
  • Agilidade na distribuição de fundos e controle dos gastos;
  • Acesso à plataforma Vai de Visa, podendo se cadastrar em promoções exclusivas, para aproveitar ofertas. (no caso das contas White-Label da LiveOn).

Limitação de uso do cartão pré pago

Hoje, as únicas limitações de uso são:

  • Usar em lojas físicas (por isso você também recebe o cartão físico);
  • Compra virtual que exija bloqueio de saldo, como reserva de hotéis e aluguel de carros;
  • Serviços de assinatura, pois ao gerar um novo cartão você desabilita o pagamento.

O procedimento para solicitar o novo cartão varia de banco para banco, no caso das contas criadas pela LiveOn BaaS, o pedido precisa ser feito via central de atendimento ou via requisição através das nossas APIs.

Este post tem um comentário

  1. Cristiano da Silva Salomão

    Muito bom

Deixe uma resposta